Pequeno Blog de Apoio Escolar,E também De Alguma Diversão

17
Fev 14

 

 

A melhor maneira de estar preparado para uma prova é estudando o conteúdo a ser abordado. Entretanto você não pode se dar o luxo de tirar um zero em um teste só porque não estudou e nem se quer prestou atenção na aula. Não existe mágica no estudo de qualquer maneira você precisa ter antes prestado atenção à aula para que  você desenvolva algumas práticas capazes de ajudá-lo em uma prova mesmo sem as longas horas de estudo que em geral são necessárias.
Saiba que é possível diminuir a necessidade do pós estudo com simples técnicas a serem praticadas na sala de aula, durante as aulas. No entanto, é fundamental que você esteja comprometido com a matéria e, mais que isso, não tente eliminar o estudo da sua vida de maneira permanente. Essas técnicas ajudam, mas, se usar apenas estes métodos com toda certeza você se tornará um estudante mediano ou como muitos costumam dizer medíocre. Confira abaixo algumas dicas úteis para ajudá-lo em seus estudos:

1. Faça perguntas a você mesmo

 

Quando você está aprendendo algo, pode fazer associações simplesmente perguntando algumas coisas a si mesmo. Seja criativo, encontre diferentes pontos e referências na matéria e tente relacioná-los com ideias e conceitos fáceis de serem lembrados. Pense em perguntas como “de que maneira essa informação se relaciona com a minha vida?” ou “Como isso pode se relacionar com outros conceitos e matérias?”

2. Faça diagramas para auxiliar em sua visualização

Uma das melhores maneiras de começar a praticar é fazendo ligações visuais e diagramas com todas as informações que você tem. Montar tabelas e diagramas tem mais poder de associação do que simplesmente tomar notas durante as aulas. Conforme você pegar prática nisso, vai ser capaz de montar diagramas completos antes mesmo de colocá-los no papel. A visualização vai ajudá-lo a criar ligações entre diferentes conceitos dentro de uma mesma matéria

3. Utilize metáforas

Transforme os conceitos em metáforas que você realmente entenda. Criar conceitos mais exagerados vai ajudá-lo a buscar as informações de maneira mais rápida dentro daquilo que você já aprendeu. A metáfora poderá ajudá-lo na conexão com ideias distintas.

 

4. Use sua sensibilidade, sinta os conceitos

 

Embora seja confuso entender essa prática, fazendo um esforço essa brincadeira pode ajudar. Basicamente  ligue os conceitos a um sentimento. Pense em como você se sentiria caso vivesse em determinada época que está estudando, ou qual seria a sensação de acertar de primeira o resultado de uma equação complicada. Coisas desse tipo. Infelizmente nem todos são capazes de usar esta técnica, mas quem consegue tem bons resultados.

5. Faça conexões forçadas


Se nenhuma das dicas parece ter efeito alguma diferença para você, uma boa saída é forçar conexões absurdas entre conceitos que dificilmente se relacionariam. Dessa maneira você fixa a ideia de maneira automática, trazendo à mente um conceito logo que pensa no outro. Tente ligar, por exemplo, conceitos matemáticos com nomes de filmes e animais ou períodos históricos e times de futebol. Pensando em um o outro virá automaticamente para a sua memória.
Então é isso, você pode perceber que não é mágica, antes de mais nada é preciso estar muito atento ao que o professor está passando em sua aula ou nada disso será possível.
publicado por Lara Marques às 10:00

Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
15

16
18
20
22

23
25
27
28


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO