Na hora de preparar sua astividades o professor/educador deve refletir sobre os objetivos amplos de formação daquela atividade, visto que na educação infantil trabalha-se para criar bons hábitos, para reforçar comportamento e atitudes positivas, para estimular todas as áreas de conhecimento da criança a atenção deve ser redobrada e não devemos pensar que estamos fazendo demais.
É papel da família, sem dúvida, orientar as crianças para que elas dominem algumas regras básicas de conduta. Essa tarefa, entretanto, não é apenas uma atribuição dos pais. A escola também é responsável por ensinar regras coletivas, que são valorizadas pela cultura da sociedade de que ela faz parte, e que nem sempre são seguidas em casa. É essencial para os estudantes ter outros adultos como referência, além da própria família. O professor, certamente, é um deles e, por isso, pode causar um impacto muito positivo na vida deles.


"Não é justo esperar que os pais, cuja maioria tem escolaridade menor que a dos filhos, ensinem a eles todas as habilidades e competências que precisam ser aprendidas ao longo da vida." 
Patrícia Mota Guedes, pesquisadora da Fundação Itaú Social, em São Paulo.

publicado por Lara Marques às 10:00